Samcil e Serma X Greenline

Compartilhe este artigo!

Samcil recebeu um prazo para efetuar a venda das carteiras de associados, tanto da Samcil quanto da Serma.

Quando os associados da Samcil e Serma receberam a noticia que a ANS tinha determinado um prazo para Samcil vender sua carteira de clientes, muitos pensaram: 

Fim do sofrimento!!! Será??? 

ANS aprovou a compra da carteira de cliente a empresa Greenline, e a mesma passou a atender os clientes da Samcil e da Serma.

Porem vem à grande pergunta será que ela tem condição para isso? Uma empresa que tem aproximadamente 300 mil associados, a qual, um tempo atrás, em uma pesquisa de qualidade de plano de saúde ela ficava abaixo da Samcil em reclamações, não terá condições de prestar o atendimento que por lei os associados da Samcil têm, se com esse numero de associados à Greenline tem muitas reclamações, imagina agora que somando a carteira de cliente dela e da Samcil chega a mais de 500 mil associados, no primeiro dia com a nova carteira a empresa não teve condições de atender as ligações nem de dar suporte a inúmeros problemas apresentados pelos ex-associados da Samcil. 

No grande ABC, também varias reclamações, pois a Greenline não tem hospital no ABC, lembrando que a grande maioria dos associados da Samcil era do ABC, aonde a mesma começou seu trabalho.   

Os associados querem saber, como se aprova a compra de uma carteira de cliente para uma empresa que tem o mesmo perfil da Samcil, essa compra deveria ser feita por um plano de saúde com capacidade para dar atendimento de qualidade, mais o que os associados estão vendo, é que vai continuar tudo do mesmo jeito, sem atendimento e com longa fila de espera.

This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

7 Responses to Samcil e Serma X Greenline

  1. Lidia says:

    Concordo plenamente com o texto acima, para tano mandei até um email para a ANS reclamando sobre esta venda nestas condições e pedí p/ ele tomarem uma providência, pois não se consegue falar com a Greenline… nós da Samcil e muito menos os próprios conveniados dela.
    Peço que vcs tb enviem uma mensagem para a ANS, para desfazer esta venda e procurar um convênio mais idôneo, superior a Samcil, pois já chega o quanto sofremos com ela !

    • Paulo says:

      Estou com problemas também,moro em guarulhos e não existem hospitais aqui perto que atendam, minha mãe é portadora do convênio e vem sofrendo dores fortes de cabeça e tem que passar com um neurocirurgião, mas não consegue ser atendida, eu como filho único sofro por ver ela no estado que está, e o convênio não presta a mínima atenção.Ela foi sexta feira passada no hospital Salvalus em são paulo (rede própria da Green Line) e não foi atendida alegando-se que não tinha carteirinha da Green Line, já fiz duas reclamações no site da ANS duas no reclamequi e uma no procon, não sei mais a quem recorrer, no nosso País o que vale mesmo é dinheiro e não vidas humanas….

      • Paulo dos Santos says:

        Estou com a minha mãe doente há dois meses, o tempo em que a Serma Faliu e a Green Line a comprou, moro em Guarulhos e Não consigo marcar consultas e nem exames na Green Line. Os médicos não conseguem dignosticar o que ela tem além de dores que ela sofre, procurei nos telefones que a Green Line me deu, 08007767676 e 3674-7000, eles insistem em dizer que atendem mas não atendem, na ultima consulta no hospital Stella Marris (guarulhos) o neurologista disse que ela precisava consultar um neurocirurgião, mas não consegui atendimento urgente com o convênio, sou filho único e trabalho e não posso ficar andando de um lado para o outro com a minha mãe e eles me mandam pra um hospital na Bresser, Hospital salvalus, lá ela foi e não foi atendida por não ter a Tal Carteirinha da Green Line.Coloquei 3 reclamações no Site da ANS , 2 no reclameaqui e 1 no Procon, mas até agora nada adiantou. o convênio continua com a mesma ladainha, que ela deve passar novamente com um clínico Geral na penha (hospital Próprio) e que ele a encaminhará ou dirá se ela deve ser internada, enquanto isso continuo pagando a mensalidade, Cara para meu custo de vida. A ANS ainda não se manisfestou, e acho que nem vai se manifestar, o “negócio deles é dinheiro” A vida Humana perdeu sua importância hoje em dia, no Brasil.Um convênio como a Green Line só se preocupa em dinheiro e não em tratar bem seus clientes, eles compraram as carteiras dos associados da Samcil e Da Serma, mas não possuem centros de atendimentos próximos aos seus associados dificultando o seu atendimento.Antes convênio valia a pena, hje em dia convênio e SUS estão no mesmo patamar de atendimento, o sujeito precisa estar morrendo na frente do hospital próprio da rede e com todas as guias , e com todas as carências zeradas pra ser atendido.

  2. Marcos says:

    Segue abaixo reclamação via E-mail pois via telefone nem atender eles estao atendendo mais:
    Boa Noite,

    Espero que esta reclamação chegue até o Sr. Presidente desta Companhia para relatar os inúmeros transtornos que venho sofrendo desde que meu plano Serma foi comprado pela GreenLine.
    Desde então, não conseguimos agendar consultas, porque A CADA VEZ QUE PERGUNTO AO SAC QUAL É O MEU PLANO RECEBO UMA RESPOSTA DIFERENTE! E os Credenciados não são advinhos, para saber se atendem ou não o meu plano.
    No dia 31/05 recebi uma carteirinha e um livreto PROVISÓRIOS, meu Deus, 1 mês para ter atendimento e recebo um livro Enfermaria Provisório ????? Sabe qual o plano indicado nas carteirinhas ? VIP OURO II!!!!! Quando tento agendar alguma coisa, eles me informam que este plano não pertence à Green Line e não podem abrir pela Serma pq a mesma faliu!!!!!!!
    Estive em sua REDE PRÓPRIA solicitando as guias de autorização para realização de alguns exames, agendamos no laboratório INDICADO PELA GREENLINE, e no dia agendado EM JEJUM, fui informada de que meu plano é o STYLE, que não tinha cobertura no referido laboratório. Ora, eu havia realizado exames sem problemas na semana anterior, não entendi nada, porque esse plano é ENFERMARIA e o preço que pago hoje é APARTAMENTO E CUSTA R$ 308,58, OU SEJA, R$ 60,00 MAIS CARO DO QUE O PLANO MASTER DA GREEN LINE!!!!!!!! Os exames que eu tinha agendado há quase 1 mês o laboratório já cancelou, pois informa a mesma coisa, que não atende o plano Style, mas, por favor, o valor que pago é bem mais alto do que o plano que atende este laboratório, porque já não nos colocam na categoria correta ?????????????
    O PIOR FOI RECEBER O BOLETO HOJE NO VALOR DE R$ 378,24!!!!!!! COMO ASSIM ???????? MEU PLANO COMPLETA 1 ANO SOMENTE EM OUTUBRO!!!!!!! SÓ FAZEMOS ANIVERSÁRIO EM NOVEMBRO!!!!!!!!! PORQUE, MEU DEUS, ESSE AUMENTO SEM NENHUMA EXPLICAÇÃO ????????
    Estou desde as 09:00 da manhã AGUARDANDO NA LINHA COM UMA MÚSICA QUE APÓS UNS 10 MINUTOS DESLIGA A LIGAÇÃO, INDEPENDENTE DA OPÇÃO TECLADA, OU SEJA, A GREENLINE NÃO QUER DAR EXPLICAÇÃO NENHUMA!!!!!!!!!
    AGUARDO CONTATO URGENTE, CASO NÃO RECEBA UM RETORNO SOLUCIONANDO A QUESTÃO DO MEU PLANO CORRETO, QUE DEVE SER O MASTER, COM REDUÇÃO DO VALOR, POIS ESTE PLANO HOJE É COMERCIALIZADO PARA MINHA CATEGORIA FAMILIAR (3 PESSOAS, SENDO 1 – 17/11/75, 1 – 20/11/1971, 1 – 23/03/2008) R$ 303,36, SENDO QUE MEU BOLETO VEIO COM REAJUSTE INDEVIDO NO VALOR DE R$ 378,24, OU PELO MENOS MANTENDO O VALOR QUE EU PAGAVA DE 358,08, VOU ACIONÁ-LOS NA JUSTIÇA, NO PROCON, RECLAMAREI NOS JORNAIS, NA ANS E AONDE MAIS EU PUDER!
    AGUARDO CONTATO ATÉ TERÇA-FEIRA DIA 13/06/2011 PELA MANHÃ, CASO CONTRÁRIO ESTAREI PROTOCOLANDO AÇÃO NESTA DATA.

    Atenciosamente,

  3. Julia says:

    Desculpem mas isso é um total descaso quem puder socorra suas familias …perdi meu oai no SalvaLus Bresser é irreparavel essa perda para mim e foi um erro deles então se vocês tem parentes lá fiquem de olho …..para eles é só Mais uma vida …e para a gente é a Nossa vida em jogo …..pena que demorei para perceber mais agora estou tomando as providencias para que não tirem mais vidas ..isso é um absurdo sem preço ..nos perguntamos todos dias até quanto vale nossas vidas !!!!!

  4. Larissa says:

    Boa Tarde

    Meu nome é Larissa Fernandes moro em Guaianases zona leste de São Paulo.

    Dia 17/01 minha Mãe Aparecida Steflitsch com 58 anos se internou no Hospital Salvalus Rua Bresser, 1954no Bairro da Moóca para realizar uma cirurgia de troca de válvula mitral, a cirurgia foi realizada,( e só pra complementar minha Mãe não tinha nenhum outro problema) minha mãe ficou 2 dias na Uti evolui bem e foi para a clínica medica onde ficou até o dia 22/01 ( ou seja 5 dias a pós a cirurgia). No terceiro dia já estava caminhando seguindo as recomendações da médica Dr Andreia (que incentivou muito minha Mãe) porém lá a equipe de enfermagem administravam medicamentos com atraso, falta de medicamento como omeprazol, e quando não administravam. Exames como RX que era da Rotina de determinado turno eram passados com o plantão ficando aquele “empurra-empurra”. Equipe reduzida poucos funcionários para cuidar de vários Leitos.

    Minha Mãe recebeu alta no dia 22/01 com retorno previsto para 15, após 3 dias que estava em casa ela começou a apresentar drenagem purulenta na incisão cirúrgica dois dedos abaixo do apêndice xifoide, não recebemos orientação médica e nem de enfermagem como proceder nesses dias que ela estaria em casa num caso como este só passaram medicamentos como Amiodarona, espironolactona, Lasix, protetor gástrico, e marevan e em caso de dor Lisador.
    No decorrer dos dias minha Mãe foi perdendo o apetite dores e apresentando vomito dia 29 meu irmão levou ela para o mesmo hospital onde demoraram 12 horas para interna-la, foi constatada infecção ela precisava passar pro prédio do lado chamaram a ambulância sendo que ela poderia passar por dentro do hospital mas não deixaram pois era troca de turno onde ela acabou tendo que esperar mais. Foi internado ficou horas na enfermaria pra poder ir pra clinica médica onde o atendimento é bem descomprometido.

    No dia seguinte quando minha irmã foi até o hospital para vista lá e levar mais algumas roupas ficou sabendo que ela estava na UTI chegando lá minha Mãe já estava bem debilitada falando “Edna eles erraram comigo” já não conseguiam achar uma veia pra punção.

    Chegando o horário da visita da noite eu fui vê lá e ela estava entubada com cateter central sendo ministrado dobutamina entre outras drogas para ver se ela reagia, o médico avisou ao aux. de enfermagem que só falaria comigo pois boletim médico só era passado a tarde esperei o restante das visitas irem e ele assim o fez DR. Marcelo S. Ramos veio me explicar que minha Mãe teria tido umas das piores complicações cirúrgicas que foi infecção do sítio cirúrgico no mediastino ( onde eu me lembro muito bem que estava alocado um dos drenos no pós cirúrgico), e que pra dizer se a cirurgia ia dar certo as 2 primeiras semanas que iriam dizer ( então por quê não deixaram ela mais alguns dias no hospital ou por quê não pediram retorno para a semana seguinte ?) com falência já de alguns órgãos como rins, intestino e que seria preciso fazer uma tomografia pra ter um diagnostico mais preciso mas que do modo que ela estava eles não poderiam mexer nela (deveriam ter tirado a tomografia assim que ela deu entrada já que ela estava andando e tudo mais ) , e que as primeiras 48 hs eram decisivas para dizer se ela iria melhorar ou piorar.
    Sai de lá as 21 horas mais a 00:03 veio o telefonema para a família comparecer ao Hospital.

    Minha Mãe faleceu devido a choque séptico e falência de múltiplos órgãos! Assim como ela também acho que erraram ao liberarem ela tão cedo de alta e marcarem um retorno tão longe e não orientarem aos familiares sobre determinados riscos assim como demorarem para interna lá e intervir. Neste hospital há muitas reclamações assim como minha Mãe outras pessoas também estão sendo mortas lá dentro precisamos que algo seja feito.

  5. Ivani Macedo says:

    CLIENTE TEM SEU TRATAMENTO SUSPENSO POR FALTA DE PAGAMENTO DO CONVÊNIO GREEN LINE AO MÉDICO.

    Associada da Green Line Sueli Aparecida Nunes dos Santos esta em tratamento mensal com Dr. José Giovanni – FB CLINICA GERAL DE SAUDE – Osasco. No dia 17 de Março estivemos na clinica para mais uma consulta mensal e fomos surpreendidos com a suspensão do atendimento da clinica a Green Line por falta de pagamento.
    Nossos pagamentos são realizados mensalmente ao plano de saúde, não podemos aceitar uma interrupção a um tratamento, porque o plano de saúde não cumpre suas responsabilidades financeiras com o seus prestadores. A cliente precisa continuar o tratamento, qual será o posicionamento da Green Line?

    Realizei o contato com o SAC (BRUNA – 20032012527098) hoje e fui orientada a ligar no Departamento Financeiro: 11 3674-9009 e falar com a Gerencia de relacionamento. Porem, nesse telefone fui atendida pela Sra. Ana que informou que essa situação não é somente com esse prestador. Seriam vários nessa mesma situação e que infelizmente a aérea financeira não dispõe a informação sobre provável data de pagamento. COMO ASSIM????

    Hoje recebi o contato da Sra. Helen da Green Line, informando que não existe uma previsão para o retorno ao atendimento. “Pode ser que retorne em uma semana, um mês…” Puro descaso com o cliente!

Leave a Reply to Marcos Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>