Dúvidas cercam novo hospital do Grupo D Or

Compartilhe este artigo!

grupo d or 150x150 Dúvidas cercam novo hospital do Grupo D OrOs investimentos de R$ 90 milhões que o Grupo D’Or, do Rio de Janeiro, começa a fazer no bairro São José, em São Caetano, para construção de um novo hospital São Luiz merecem calorosos aplausos por diversas razões. Especialmente porque vão gerar 500 novos empregos na cidade para as obras de construção e outros dois mil postos na área médica a partir do próximo ano. 
O novo hospital terá 200 leitos, 40 consultórios, capacidade para 240 mil atendimentos de emergência e 12 mil cirurgias por ano. 
De parabéns estão o prefeito José Auricchio Jr. e a Câmara de Vereadores que, segundo o diretor-presidente do Grupo D’Or, Jorge Moll Filho, “criaram vantagens tributárias decisivas para que a rede optasse pela expansão em São Caetano”. 
O município isentou a empresa de IPTU (Imposto Propriedade Predial e Territorial Urbano) por dez anos; reduziu o ISS (Imposto Sobre Serviços) durante a construção de 5% para 2% e o ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis) do terreno de 3% para 0,5%.
O que turva, de certa maneira, as comemorações do empreendimento é o manto de dúvidas que paira sobre alguns passos do grupo carioca nos momentos que antecederam a decisão de construir a nova unidade em São Caetano. A aquisição do Hospital Brasil, em Santo André fez com que o D’Or, voluntariamente ou não, se tornasse fiador da nebulosa manobra que resultou no fechamento do tradicional Hospital São Caetano e deixou milhares de idosos credores dos planos de saúde com enormes dificuldades para receber atendimento médico. O Hospital Brasil assumiu o comando do São Caetano e, num curto espaço de tempo, desinteressou-se totalmente de seu destino. Lavou as mãos como Pilatos. Porém, responde na Justiça por diversas ações trabalhistas decorrentes de sua desastrada passagem.

This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

One Response to Dúvidas cercam novo hospital do Grupo D Or

  1. Olá meu caro, não diz respeito a mim, mas fico feliz por sua postagem, pois muitas pessoas serão beneficiadas, o fluxo em outros locais serão menos, sem contar o que o texto já trata que são a geração direta e indeireta de fontes de trabalhos; um grande abraço e obrigado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>